Tendo em consideração o contexto atual, concentremo-nos naquilo que o pode ajudar a gerir o dia-a-dia, de forma segura. Partilhamos alguma informação importante:

Moratória

Informamos que terminou no dia 15 de setembro de 2020 o prazo para pedido de extensão da Moratória ASFAC até 31 de dezembro de 2020. Assim, para os Beneficiários que não requereram expressamente a extensão do prazo nos termos previstos, os efeitos da Moratória ASFAC terminarão automaticamente na data inicialmente prevista, ou seja, 30 de setembro de 2020.


Adenda à Moratória Privada da ASFAC para Produtos de Crédito ao Consumo - Informação relevante até 15 de setembro de 2020

A Moratória Privada da ASFAC - Associação de Instituições de Crédito Especializado, à qual aderiu o Bankinter Consumer Finance, na sua versão inicial prevê um período de vigência até ao dia 30 de setembro de 2020, data até à qual se verifica a suspensão da cobrança total ou parcial das prestações, conforme aplicável.

No entanto, foi definido um aditamento à Moratória Privada da ASFAC - Associação de Instituições de Crédito Especializado, o qual permite que a Moratória ASFAC vigore até dia 31 de dezembro de 2020.


O que significa este aditamento?

As moratórias ASFAC em vigor na presente data a que os beneficiários tenham aderido até dia 30 de junho de 2020, e que desde já saibam que manterão a sua situação de dificuldade financeira após 30 de setembro, poderão estender a mesma até 31 de dezembro de 2020.


Que condições de acesso têm de ser cumpridas?

Para que o Beneficiário da Moratória ASFAC aceda à extensão do prazo para dia 31 de dezembro de 2020, deverá requerer expressamente essa extensão até dia 15 de setembro de 2020, desde que já saiba que manterá a sua situação de dificuldade financeira, por estar, ou o seu cônjuge ou equivalente, de acordo com Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13 de março, numa das seguintes situações:

  • a) Em isolamento profilático ou
  • b) A prestar assistência a filhos ou netos ou
  • c) Ter sido colocado em redução do período normal de trabalho ou em suspensão do contrato de trabalho ou
  • d) Estar em situação de desemprego registado no Instituto de Emprego e Formação Profissional ou
  • e) Ser trabalhador elegível para o apoio extraordinário à redução da atividade económica de trabalhador independente ou
  • f) Ser trabalhador de entidades cujo estabelecimento ou atividade foi objeto de encerramento determinado durante o período de estado de emergência.


Como é efetuada a adesão à extensão da Moratória ASFAC?

Todos os Beneficiários de Moratória ASFAC na presente data, vão receber uma comunicação por email/carta com toda a informação sobre as condições de adesão a esta extensão.

De acordo com o procedimento, os Beneficiários terão que responder a um SMS que será enviado para o seu telemóvel, com a palavra “SIM”, declarando desta forma, e expressamente, que adere à prorrogação por manter as dificuldades financeiras, ou com a palavra “NAO”, caso não pretenda a extensão da Moratória.

Se não receber o SMS até dia 31 de agosto de 2020, deverá contactar-nos através do número 707 20 60 60, para que lhe seja enviado novo SMS.

Para os Beneficiários que não respondam a este SMS, requerendo expressamente a extensão do prazo nos termos previstos, os efeitos da Moratória ASFAC terminarão automaticamente na data inicialmente prevista, ou seja, 30 de setembro de 2020.


Quais os impactos da extensão da Moratória ASFAC?

Durante o período em que perdurar a extensão da Moratória ASFAC, a medida a aplicar ao Beneficiário (forma de suspensão do pagamento) será a mesma que vigora no modelo atualmente aplicado.

Os contratos que tenham sido objeto de extensão do seu prazo inicial, por força da opção escolhida, verão o seu prazo novamente aumentado, em função do novo período estendido, bem como com a medida de suspensão que lhe tenha sido aplicada.

Para mais informações contacte a Linha de Apoio bankintercard.


Moratória Privada da ASFAC para Produtos de Crédito ao Consumo - Informação relevante até 30 de junho de 2020

O Bankinter Consumer Finance aderiu à Moratória Privada da ASFAC - Associação de Instituições de Crédito Especializado, adotando medidas excecionais de apoio e proteção de famílias resultantes dos impactos financeiros decorrentes da pandemia da doença COVID-19.

As medidas pretendem atenuar os efeitos económicos causados pela pandemia, criando condições de alívio financeiro às famílias afetadas, com carácter temporário, que sejam titulares de créditos, sendo complementar e com características similares à moratória pública aprovada para efeitos de Crédito à Habitação.


Quais os benefícios da Moratória?

Aos clientes elegíveis e que solicitem adesão à Moratória Privada aplicar-se-á a suspensão (carência) de capital e juros, com capitalização destes últimos, ou apenas a suspensão (carência) de capital, até dia 30 de setembro de 2020 ou outra data anterior à escolha do cliente.


Que condições de acesso têm de ser cumpridas?

- Ter contrato anterior a 18 de março de 2020;
- Que à mesma data não estivessem em mora ou incumprimento das condições pecuniárias há mais de 90 dias, ou em insolvência, suspensão, cessação de pagamentos ou, mesmo, em execução dos mesmos;
- Que estejam, ou o seu cônjuge ou equivalente, de acordo com DL n.º 10-A/2020, de 13 de março, numa das seguintes situações:

  • a) Em isolamento profilático ou​
  • b) A prestar assistência a filhos ou netos ou ​
  • c) Ter sido colocado em redução do período normal de trabalho ou em suspensão do contrato de trabalho ou​
  • d) Estar em situação de desemprego registado no Instituto de Emprego e Formação Profissional ou
  • e) Ser trabalhador elegível para o apoio extraordinário à redução da atividade económica de trabalhador independente ou ​
  • f) Ser trabalhador de entidades cujo estabelecimento ou atividade foi objeto de encerramento determinado durante o período de estado de emergência.

O acesso à moratória é possível até 30 de junho de 2020.


O que é necessário para aderir?​
Para aderir deve:​
Preencher a Declaração de Adesão
Enviar por email para moratoria.bkcf.pt@bankinter.com.


Importante: Deve preencher os dados diretamente no documento PDF, não sendo necessário digitalizar nem assinar nesta fase. Depois de preenchida a declaração, só tem que gravar e anexar ao email.


Quanto tempo demora a obtenção de uma resposta?​

Uma vez analisado o pedido, receberá uma mensagem para proceder à Assinatura Digital do mesmo. As condições aplicam-se no prazo máximo de 8 dias uteis após a receção do pedido de adesão, caso se verifique o preenchimento das condições de acesso.

Para mais informações, ou se necessita apoio de um dos nossos Assistentes, contacte a Linha de Apoio.


Contactless

Transações contactless sem PIN até 50€​

Para sua comodidade e segurança, as transações contactless sem PIN passam a ter o limite de 50€ por transação, num máximo de 150€ consecutivos e de 150€ diários.


MB WAY

MB Way para compras e gerar cartões MBNet​

Pode associar o seu bankintercard à App MB Way e pagar as suas compras de forma mais simples: ​
  • Basta carregar na opção “Pagar com MB WAY” na App MB Way no seu telemóvel​
  • Ler o QR Code no seu telemóvel android/ ios ou o NFC no seu telemóvel android​
  • Confirmar a operação com o PIN ou Touch ID no seu telemóvel.​

Pode igualmente gerar cartões virtuais MBNet para compras online, estabelecendo limites máximos. ​

Descubra mais em www.mbway.pt.


Homebanking

Homebanking bankintercard para consultas e operações

Se ainda não o fez, adira ao Homebanking bankintercard para que possa gerir o seu bankintercard. ​

Se já o fez, agradecemos que privilegie o canal Homebanking para consulta de saldos e movimentos, transferências de fundos para conta de depósito à ordem, consulta de extratos, alteração da percentagem de pagamento, entre outros, de modo a que a Linha de Apoio ao Cliente possa dar prioridade a outro tipo de pedidos e continuar a servir os nossos clientes com a qualidade a que nos propomos.

A adesão ao Homebanking bankintercard é muito simples:​
  • Entre em www.bankintercard.pt
  • Procure ‘Área Privada’ (no canto superior direito) ​
  • Selecione ‘Aderir ao Homebanking bankintercard’ e complete a sua adesão.